Alta Floresta (MT), 21 de junho de 2018 - 00:52

Polícia

17/05/2018 08:18 Olhar Cidade

Amigas são condenadas a mais de 30 anos por matar ex-moradora de Guarantã suposta amante do marido de uma delas em Sinop

Duas mulheres foram condenadas a 34 anos de prisão por matar a suposta amante do marido de uma delas em Sinop, a 503 km de Cuiabá. Elza Maria Barbosa Ribas, de 45 anos, e Maria Aparecida Neves Duques de Melo, de 53 anos, foram julgadas na terça-feira (15). 
De acordo com a sentença, Elza foi condenada a 18 anos prisão por homicídio e um ano por ocultação de cadáver.

Já Maria Aparecida foi condenada a 14 anos de reclusão pelo crime de homicídio e mais um ano pela ocultação de cadáver. As penas devem ser cumpridas em regime fechado.

Juntas, segundo o processo, as duas mataram Roseli Ribeiro de Melo. O corpo da vítima só foi encontrado dois meses após a morte em estado de decomposição. As mulheres teriam uma relação de amizade com Roseli, segundo a Polícia Civil.

Em depoimento, o investigador que apurou o caso contou que Maria Aparecida confessou o crime.

Na ocasisão, a acusada detalhou que no dia do crime ela e Elza com um pedaço de madeira e uma faca atraíram a vítima até o local onde a mataram.

Dias depois, as duas voltaram ao local do crime e teriam jogado soda cáustica na vítima e a enterraram. O corpo foi encontrado numa vala foi um morador que passava pelo local. Os pertences de Roseli foram queimados pelas duas.

Durante o processo, Elza disse que estaria suspeitando que a vítima teria um relacionamento com seu marido.


Aplicativo divulgacao

Rádio Progresso AM 640

Av. Ludovico Da Riva Netto, 3274
Alta Floresta/MT - CEP 78580-000
Fone (66) 3521-3501 ou 3521-8188

comercial@radioprogresso640.com.br

jornalismo@radioprogresso640.com.br

Redes Sociais

Alta Floresta
Carregando...

? ºC

/

Proibida a reprodução de conteúdo sem citação da fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo