Alta Floresta (MT), 18 de junho de 2018 - 16:52

Destaques

20/02/2018 08:25 GD

Energisa pede aumento de 10% nas contas de luz dos mato-grossenses

A concessionária de energia elétrica de Mato Grosso, Energisa MT, propõe reajuste de 10,64% na tarifa dos consumidores residenciais em 2018. A solicitação ainda será discutida em audiência pública e será analisada pela Agência Nacional de Energia Elé- trica (Aneel). Se aprovada, entrará em vigor dia 8 de abril, aniversário de Cuiabá. A distribuidora de energia pede aumento de 10,62% para o cliente de baixa tensão e de 3,15% para o usuá- rios de alta tensão (indústrias), o que resulta em um efeito médio de 8,36% ao consumidor.

Segundo a Aneel, a revisão tarifária está prevista nos contratos de concessão e tem por objetivo obter o equilíbrio das tarifas com base na remuneração dos investimentos das empresas voltados para a prestação dos serviços de distribuição e a cobertura de despesas. A revisão tarifária é realizada a cada 5 anos e será discutida de 24 de janeiro a 10 de março, por meio de correspondência e contatos de e-mail disponibilizados pela Aneel.

Além disso, será realizada uma sessão presencial para discutir o tema dia 22 de fevereiro em Cuiabá, em local e horário a serem definidos. A audiência discutirá a qualidade do serviço e os limites dos indicadores de continuidade da Duração Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora (DEC) e a Frequência Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora (FEC).

A Energisa MT informou, por meio de nota, que esta é a 1ª audiência para dar início às avaliações para a revisão tarifá- ria e que ainda não foram aprovados reajustes. “É importante lembrar ainda que essa revisão tarifária acontece em ciclos de 5 em 5 anos e a data base de reajuste anual no Estado é sempre 8 de abril”.

O Conselho de Consumidores de Energia Elétrica de Mato Grosso (Concel/MT) acompanhará as discussões da revisão tarifá- ria. Marco Antonio Guimarães Jouan, presidente do órgão, explica que a proposta será analisada e debatida pelo Conselho, mas a decisão cabe à Aneel. “A proposta ainda será encaminhada ao Concel e então faremos a análise. O reajuste proposto é analisado pelo consultor técnico do Concel e após esse detalhamento, a proposta é avaliada pelo Conselho, que fará recomendações e sugestões, tendo papel consultivo na decisão da Aneel. O que posso dizer é que, historicamente, o valor de reajuste fica abaixo do proposto”.

Bandeira

O diretor-geral da Aneel, Romeu Rufino, disse que a bandeira tarifária verde deve continuar em vigor em fevereiro, sem cobrança adicional nas contas de luz. Segundo ele, o volume de chuvas permitiu a redução na cobrança da conta e a expectativa é de manutenção deste cenário.


Aplicativo divulgacao

Rádio Progresso AM 640

Av. Ludovico Da Riva Netto, 3274
Alta Floresta/MT - CEP 78580-000
Fone (66) 3521-3501 ou 3521-8188

comercial@radioprogresso640.com.br

jornalismo@radioprogresso640.com.br

Redes Sociais

Alta Floresta
Carregando...

? ºC

/

Proibida a reprodução de conteúdo sem citação da fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo