Alta Floresta (MT), 25 de novembro de 2017 - 08:27

Destaques

14/11/2017 10:32 Marcos José / Abraão Lincoln

EXCLUSIVA - Delegado Dr. Carlos diz que tiro que matou bombeiro partiu da própria arma

Dr. Carlos Francisco de Moraes, Delegado de Polícia responsável pelo inquérito que investiga a morte do Bombeiro Militar, Lucas Alessandro de Souza, 27 anos, ocorrida na noite de quarta-feira (08) de novembro, falou com exclusividade a reportagem da Rádio Progresso AM 640.

Ele disse que dois laudos chegaram da Polícia Técnica (POLITEC) e as evidências caminham realmente para o crime de suicídio, já que está totalmente descartada a possibilidade do tiro ter sido feito da parte externa do veículo devido o ângulo do projétil que veio de baixo para  cima em inclinação que atingiu o teto do carro.

Por outro lado, o projétil encontrado no local é justamente da arma encontrada no interior do veículo e relatos de testemunhas ouvidas, são de que ele estava sozinho no veículo quando chegaram as primeiras pessoas no local.

Para o delegado, apesar de não ter chegado o laudo cadavérico, já é conclusivo através de informações preliminares do IML que o disparo tenha sido feito encostado ao corpo ou a queima roupa, o que descarta a possibilidade de ter sido um disparo acidental.

Causas

Dr. Carlos disse que as causas que levaram o militar a cometer tal ato ainda é uma incógnita, haja vista que nenhum familiar foi ouvido ainda por respeito a perca do ente querido, entretanto, as investigações preliminares indicam que ele já evidenciava tal atitude.  


Aplicativo divulgacao

Rádio Progresso AM 640

Av. Ludovico Da Riva Netto, 3274
Alta Floresta/MT - CEP 78580-000
Fone (66) 3521-3501 ou 3521-8188

comercial@radioprogresso640.com.br

jornalismo@radioprogresso640.com.br

Redes Sociais

Alta Floresta
Carregando...

? ºC

/

Proibida a reprodução de conteúdo sem citação da fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo