Alta Floresta (MT), 22 de outubro de 2017 - 04:02

Destaques

10/01/2017 09:50

Vereadores de Cuiabá desistem de aumentar salário após críticas

Os vereadores da Câmara Municipal de Cuiabá decidiram desistir do reajuste que aumentaria o salário dos parlamentares a partir deste ano. A Mesa Diretora da Câmara Municipal de Cuiabá declarou nesta terça-feira (10) que a decisão partiu após reação negativa por parte dos moradores da capital. Os vereadores também levaram em consideração o momento econômico enfrentado no país.

De acordo com a Mesa Diretora, o assunto só será debatido em 2020, já que, por lei, o reajuste de salário deve ser aprovado por legislatura. Apesar de afirmarem que o reajuste no salário tinha legalidade, os parlamentares voltaram atrás na decisão e argumentaram que esse não seria o melhor momento para o aumento.

Conforme o vereador Diego Guimarães (PP), que é segundo vice-presidente da Câmara Municipal, a mobilização de moradores fez com que os vereadores revisassem o assunto salarial.

“Esse aumento foi realizado, tecnicamente, sem observar o regimento interno da Câmara. Os colegas, até mesmos os que votaram a favor do aumento, entenderam que precisávamos dar um recado de que os vereadores estão com os moradores e são a favor deles. A forma como o projeto foi aprovado, faltando poucos dias para acabar o ano, geraria uma sensação de desconfiança [dos moradores com os parlamentares]”, declarou o vereador ao G1.

Uma petição pública na internet chegou a pedir a redução e a equiparação do salário dos vereadores de Cuiabá com o valor recebido pelos professores da rede municipal.

Salário
A Câmara de Cuiabá tinha aprovado o reajuste dos salários dos vereadores, do prefeito e do vice da capital em uma última sessão extraordinária do ano, no dia 27 de dezembro de 2016. Atualmente, os parlamentares de Cuiabá recebem R$ 15.031,00 e verba indenizatória de R$ 9,1 mil.

Com a aprovação do aumento do salário, cada parlamentar passaria a receber R$ 18,9 mil, além da verba indenizatória no valor de R$ 11 mil, que corresponde a 26% a mais que a remuneração atual. Com a devolução do projeto, o salário dos vereadores não deverá ter aumento pelos próximos quatro anos.


Aplicativo divulgacao

Rádio Progresso AM 640

Av. Ludovico Da Riva Netto, 3274
Alta Floresta/MT - CEP 78580-000
Fone (66) 3521-3501 ou 3521-8188

comercial@radioprogresso640.com.br

jornalismo@radioprogresso640.com.br

Redes Sociais

Alta Floresta
Carregando...

? ºC

/

Proibida a reprodução de conteúdo sem citação da fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo